FRAGMENTO DE UMA ANALISE DE HISTERIA: [O CASO DORA]

R$ 49,90

A primeira grande narrativa clínica de Freud A incapacidade de satisfazer a exigência amorosa real é um dos traços de caráter mais essenciais da neurose; os doentes são dominados pela oposição entre a realidade e a fantasia. Em outubro de 1900 menos de um ano após a publicação de seu seminal A interpretação dos sonhos , Sigmund Freud (1856-1939) recebeu em seu consultório a jovem paciente Ida Bauer, então com dezoito anos, filha de Phillip Bauer, amigo e ex-paciente seu. Ida padecia de vários e persistentes sintomas: perda de urina durante a noite, cansaço, dificuldade para respirar, enxaqueca, tosse, afonia e alucinação sensorial. Freud detectou um caso de histeria, e o tratamento durou onze semanas. Logo em seguida, se pôs a escrever este Fragmento de uma análise de histeria (ou O caso Dora, nome com que a paciente é rebatizada), publicado em 1905.

SKU: 9788525438614 Categoria:

Descrição

Autor: FREUD
Editora: L&PM
ISBN: 9788525438614
Ano: 2019
Edição: 1
Páginas: 192
Encadernação: Brochura

Informação adicional

Peso 278 g
Dimensões 1.1 × 14 × 21 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “FRAGMENTO DE UMA ANALISE DE HISTERIA: [O CASO DORA]”

O seu endereço de e-mail não será publicado.